domingo, 25 de abril de 2010

A esperança as vezes ou quase sempre nos cega!

Meus poucos, míseros e estimados leitores, os quais posso contar de dedo. Sejamos sensatos com uma coisa, eu não levo o menor jeito para escrever nada e fico aqui perdendo o meu tempo e tomando o tempo de você com um monte de besteiras com as quais não iram acrescentar em nada na nossa vida e não são nada grandes coisas. Nem rimar rima!
Pelo amor de Deus! Se eu fosse depender disso aqui para sobreviver eu morreria de fome.
não escrevo nada com nada, tudo com uma linguagem imatura, sem grandes escritos, pensamentos, ideias grandiosas. Enfim um monte de bobagem que eu tento enfeitar para eu me iludir achando que estou escrevendo algo interessante e reflexivo. Bom, mas como eu não tenho nada melhor para fazer, vou mesmo assim continuar a dar descarga em minha mente na esperança de sair algo que preste no meio de tanta merda, de tanto lixo mental! Obrigado aos poucos que ao menos estão lendo. Sem mais nem menos para dizer! Tem muita merda em minha mente ainda, mas estou me sentindo sem tesão a partir de agora para escrever, então se eu demorar muito em postar alguma merda não desista de mim, porque eu não desisto! “Cedo ou tarde agente vai se encontrar, tenho certeza com ideias melhores”. até...

2 comentários:

  1. Só assim para chamar sua atenção. rs!
    É importante para mim ter sua participação.

    ResponderExcluir